Autonomia - DEIXE A CRIANÇA CRESCER!

Fonte da imagem: http://ministroskids.blogspot.com/

Há quem coloque barreira em tudo que se faça com crianças em fase de maternal ou creche, e há quem faça tudo por elas. Acontece que, tudo ao extremo é ruim. Impedir que se desenvolva atividades próprias para a idade ou desacreditar nas capacidades dos pequenos é um erro.

"Tudo o que for excesso, não aproveitado torna-se praga, pois atrapalha e não ajuda. Tanto o exagero quanto escassez são extremos que prejudicam, por mais que o conteúdo possa ser bom ao organismo." 
Içami Tiba

A criança deve não somente aprender a andar , falar, conhecer cores, números e letras. É fundamental para ela a aprendizagem da autonomia. E se no dicionário autonomia significa  independência, a capacidade para se governar sozinho, então saber vestir-se, alimentar-se, calçar o sapato e amarrar o cadarço, juntar os brinquedos e  usar o banheiro, fazem parte do processo.
Saber lidar com as emoções, também é sinônimo de autonomia. Saber esperar a vez, conversar ao invés de bater quando está com raiva, abraçar quando gosta de alguém, pedir ajuda quando estiver com problemas, são atitudes que devem ser ensinadas e incentivadas pelos adultos para que as crianças tenham uma base de equilíbrio interno das emoções.

"A pessoa que não tiver uma base interna que lhe dê sustentação emocional fica sujeita às oscilações externas."

Icami Tiba.
E completando a ideia de promoção da autonomia infantil, segue outra dica: é bom despertar a curiosidade dos pequenos e oferecer a eles a oportunidade da experimentação  do giz , do lápis e da tinta para a produção de desenhos e pinturas.  E ainda, é válido proporcioná-los a experiência de recortes, colagens, modelagens e brincadeiras diversas, pois assim eles poderão conhecer suas potencialidades, expressarem suas emoções, e desenvolverem, além da autonomia, a identidade, a  imaginação e  a coordenação motora.
Erica Bosi


Deixe seu comentário sobre o assunto e se gostou vote +1.