Materiais escolares: 10 dicas para compra consciente




Está chegando a hora de pensar no material escolar de seu filho. Digo pensar porque a compra deve ser um ato pensado e não um impulso, caso contrário ela poderá causar dor de cabeça e muitas dívidas. Para te ajudar separei algumas dicas valiosas para uma compra consciente:

1- Os materiais escolares estão cada vez mais caros, para economizar você não pode ter vergonha de pedir orçamentos, pesquisar e pedir descontos.

2- O ideal é estocar alguns materiais fora do período de volta às aulas, pois nesta época os preços sobem, mas se você não fez isto então corra e não deixe para última hora ou então correrá o risco de não encontrar alguns itens  da lista.

3- Levar o filho às compras pode ser sinônimo de aborrecimento ou gastos excessivos, mas é importante perguntar suas preferências antes de sair.  Não estou dizendo para você comprar tudo o que o seu filho quer e nem comprar algo que não caiba em seu orçamento, mas sabendo do gosto do dele, você poderá comprar algo que seja um pouco parecido com o que ele quer, nem que seja a cor, já que quem usará o material o ano todo será ele.

4- A internet é uma boa opção de compra, pois, além de ser mais cômodo, os produtos costumam ser mais baratos do que nas lojas. É uma boa opção também para quem gosta de comprar com a criança, pois você pode explicar com calma o que pode ser comprado ou não. 

5- Selecione os itens mais importantes da lista para comprar primeiro, pois assim não correrá o risco de esquecer algo importante. Geralmente, alguns materiais podem ser entregues no decorrer do ano, e outros serão necessários logo nos primeiros dias. Em caso de dúvidas, pergunte diretamente na escola.

6- Compre a maior parte do material em uma única loja para conseguir um maior desconto.

7- Promoções são bem vindas, mas cuidado para não pagar pelo desconto com compras de outros produtos com valores mais caros. Fique atento!

8- Se você precisa poupar dinheiro tente reaproveitar livros didáticos e uniformes escolares.  Pergunte  se os alunos do ano passado estão repassando os livros didáticos, pois poderá economizar muito na compra de segunda mão.

9- Atenção na qualidade dos materiais escolares. Lápis de escrever e lápis de cor defeituosos são praticamente inúteis, pois quebram a ponta o tempo todo; canetas ruins não duram nem um mês;  apontadores sem corte não prestam e massa de modelar de qualidade duvidosa não dura uma semana. Nem sempre o produto mais barato é vantagem, e nem todos os produtos de marcas famosas e caras são de qualidade, então converse com outras mães ou alguém que conheça os produtos, sem que estejam interessados na comissão da compra.

10- Escolher livros infanto-juvenis  exige uma atenção especial, por isto temos uma postagem destinado apenas a este o assunto. CLIQUE AQUI e tenha acesso à dicas para compras de livros infantis

Erica Bosi

Gostou das dicas? Tem algo a acrescentar? 
Deixe seu comentário

Comentários

  1. Um excelente conselho para mãe que ler sua postagem
    muitas vezes vejo a situação .
    A compra começa na mochila de marca depois sem saber que principalmente
    nas escolas particular da uma lista de muitas coisa que a escola
    que tem que oferecer.
    Eu vi na TV até cartuchos de tinta itens de limpeza
    muitas estão colocando na lista dos alunos.
    Um abraço feliz semana abraços,Evanir.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou da postagem? Deixe aqui seu comentário ou sugestão. Sua opinião é muito importante.