Como ajudar seu filho na adaptação escolar


Ajude-o  adaptar-se neste novo ambiente

Deixe a insegurança, a dó e os mimos de lado quando você for levar  seu filho ou filha à escola pela primeira vez. Quando você matricula a criança em uma escola precisa confiar nela e nos professores que lá trabalham. Eles são os responsáveis pela segurança e adaptação da criança e farão de tudo para que se sinta bem, pois isto será bom para ela e para os próprios professores, já que eles não querem enfrentar problemas com as crianças ou com os pais. Então, confie e passe esta confiança para a criança. Lembre-se que ela consegue interpretar o seu olhar e sua expressão facial, sendo assim, o sorriso é essencial.

Separação e adaptação

É normal as crianças sentirem saudade dos pais e de casa nos primeiros dias de aula, e é normal chorarem por isto.  Mas não se preocupe se isto acontecer, a maioria das crianças choram somente na entrada, se distraem e brincam dentro da escola e voltam a chorar quando veem os pais na saída. Isto não significa que ela não goste da escola, mas que sente saudade dos pais, e com o tempo  acostuma-se a ficar um tempo longe deles. A breve separação deve ser encarada como um passo para autonomia das crianças.
Cada escola tem seu calendário de horários de adaptação para os alunos novatos, estes horários delimitam o tempo que eles devem ficar nos primeiros dias e vão aumentando gradativamente, até atingir o horário máximo. Assim a criança se afasta dos pais aos poucos, ao mesmo tempo em que conhece o (a) professor (a) e os amigos e se acostuma com a rotina escolar.



Como os pais devem agir?



Para que a adaptação na escola seja positiva é importante  preparar a criança com antecedência, para que tenha tempo de ir à escola com tranqüilidade e animação. Na hora da entrada não dê atenção para birras e pirraças, despeça-se brevemente dizendo que irá buscá-lo na hora certa e nunca retorne para casa cedendo às pirraças. Se sentir pena, não demonstre. Evite falar “coitadinho” e outras palavras que a deixe mais insegura ainda. Seja firme, despeça-se com carinho, vire-se e vá embora.
Respeite os horários da adaptação escolar. Se buscar a criança antes ou depois do horário, certamente irá atrapalhar o seu processo, principalmente em caso de atrasos. Nenhuma criança gosta de ser a última a ser buscada na escola, se isto acontecer no período de adaptação ela poderá não querer voltar para escola por medo que seja abandonada pelos pais.

O tempo de adaptação das crianças e dos pais

A adaptação escolar acontece em tempos diferentes para cada criança.  Há algumas que reagem bem logo no primeiro dia de aula, outras demoram uma semana para se adaptarem e outras choram por meses, então evite comparações. Em caso de dúvidas sobre o progresso de seu filho converse com a professora ou a orientadora educacional.


Os pais também reagem de maneiras diferentes quando levam as crianças na escola nas primeiras vezes. Há aqueles que não sentem nada quando a criança entra na sala e acham que a adaptação é perda de tempo, enquanto há outros que choram mais que os próprios filhos, assustando ainda mais as crianças e precisam ser consolados pelos profissionais da escola. O ideal é controlar as emoções, aceitar que a adaptação escolar é para o bem de seu filho e confiar na escola.


Comentários

  1. Estou sentindo falta da rotina e olha que nem entrou as aulas rsrs mas vai dar tudo certo!!!!! Amei o post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Vai sim. Que bom que gostou. Vote sempre!

      Excluir
  2. O meu filho já está com 3 dias e chora todos os dias, e sempre digo que vou voltar para buscá-lo e, agora fica repetindo e chorando antes de dormir dizendo que não quer ir para a escola. Como devo agir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica tranquila Jackeline, pois isso é normal. Seu filho estará em um ambiente novo, com pessoas desconhecidas, em uma rotina diferente e dividindo a atenção com os demais, além de estar sentindo profundamente a sua falta. Esse choro pode se prolongar por alguns dias, mas na dúvida converse com a professora ou com a direção da escola. Você deve conversar com ele sobre a importância frenquentar a escola e mostrar-se animada com a nova fase. Lembre-se de não demonstrar insegurança ou pena e nunca seda levando-o embora para a casa. Espero ter ajudado um pouco.

      Excluir
  3. Tive que pesquisar por aqui, estou chorando nesse exato momento, meu filho teve seu primeiro dia de aula ontem, entrou eu não me despedi e ele não chorou, já hoje eu acho que cometi um erro e deu tchau, ele começou a chorar e ouvi os choros dele lá de fora, partiu meu coração, tô muito muito muito triste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino como deve estar se sentindo, mas isso é normal de acontecer. Não se preocupe. Tente passar segurança para ele nos próximos dias. Não deixe que ele perceba que vc está triste ou insegura. Bjs

      Excluir
  4. Meu filho está na primeira semana, chora muito, não está comendo, vomitou 3 dias, se belisca dizendo que não quer escolinha! Ele tem 2 anos e 10 meses, persisto ou deixo para colocá-lo mais pra frente, já que posso ficar com ele?att

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou da postagem? Deixe aqui seu comentário ou sugestão. Sua opinião é muito importante.