Adaptação escolar: SOS professor


Calma professor! Não precisa arrancar os cabelos no período de adaptação escolar. É normal ter algumas crianças chorando ou fazendo pirraças e pais inseguros que ficam pedindo informação todos os dias no início do ano, afinal eles estão passando por uma nova experiência. Para  te ajudar separei algumas dicas para tornar este processo mais tranquilo e agradável:

1- Tenha muita calma - Para atuar na área da educação é preciso ser calmo. Coloque-se no lugar das crianças e dos pais, procure compreendê-los, responder as suas indagações e fazer com que sintam-se seguros.

2 - Conquiste as crianças - Sabemos que as crianças são diferentes, então é provável que não consiga conquistar todas elas agindo sempre da mesma forma. Planeje atividades atrativas e diversificadas afim de conquistar todas elas e sempre que puder, converse individualmente, faça um carinho e crie vínculos de afeto.

3- Fale baixo - Bata palmas, assobie ou cante quando quiser que a turma faça silêncio e fale sério se precisar chamar a atenção das crianças, mas evite falar alto ou gritar, principalmente no início do ano, pois pode acabar assustando-as.




4- Não demonstre nervosismo - Sei que a situação pode ser tensa, principalmente na Educação Infantil: muita criança chorando, muita bagunça, desobediência... , mas tente não demonstrar o nervosismo, pois as crianças percebem e sente-se inseguras. Mantenha calma e acredite em seu potencial de resolver a situação!

5- Mantenha a rotina - Quando se tem uma rotina pré-estabelecida, logo nos primeiros dias as crianças já começam a se adaptar e tudo se torna mais fácil.

6- Estabeleça regras - Não é porque somos pacientes que a escola vai virar bagunça. Desde o primeiro dia de aula as crianças já devem conhecer algumas regras e combinados. No princípio os professores terão que ditá-las, mas ao longo do processo de adaptação elas podem ser listadas junto às crianças, para que compreendem que todos devem colaborar com as regras coletivas.

7- Respeite o tempo de cada criança - Não adianta comparar. Há crianças que entram sorrindo no primeiro dia de aula e outras que choram por um mês ou mais. Cada criança tem seu próprio tempo para acomodar-se na escola, fazer amizades e se acostumar com o ambiente educativo. Seja sempre paciente e busque alternativas para ajudar as crianças que ainda não se adaptaram.

Tem alguma dúvida? Gostaria de acrescentar algo? Deixe seu comentário.


Comentários

  1. Oi... EducaSempre de "cara nova"... Gostei do visual!
    Esse ano estou retornando à uma turma de 4º ano, depois de 7 anos com alunos de 6º ao 9º ano... Professor trabalhando fora de sua área, e com uma galerinha bem diferente da que já se habituou... pensa só!!! Mas estamos indo bem.

    ResponderExcluir
  2. kkk Que bom que gostou Charles!
    Hum, um desafio para você heim...
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  3. EducaSempre... dicas excelentes para uma professora que não consegue se adaptar com a Educação Infantil! Trabalhei dois anos com o 2 ano e NUNCA com infantil. Porém, estou começando agora com Infantil e já surtei no primeiro dia. Tem mais dicas de como lidar? Afinal, quem está tentando se adaptar, sou eu. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que o texto ajudou! As professoras também precisam de de adaptar né kkkk Senão surtamos mesmo.
      Tem um outro link que acho q vai ter ajudar:
      http://www.educasempre.com/2016/12/10-dicas-para-adaptacao-escolar-sos.html

      Bjs e obrigada pela visita!

      Excluir

Postar um comentário

Gostou da postagem? Deixe aqui seu comentário ou sugestão. Sua opinião é muito importante.