Existe racismo contra Brancos?



Olá amigos

Para responder a esta pergunta deixarei aqui um relato que escrevi em minha página do Facebook sobre algo bem desagradável que passei. Se após lerem o relato ainda restarem dúvidas, sugiro que leiam os comentários nas imagens postadas abaixo.







Para começar, quero que saibam que tive uma amiga de escola que ganhou popularidade com uma página muito legal sobre negritude, onde ela postava lindas roupas e acessórios, com estampas estilo africana, e postava notícias sobre avanços dos negros no decorrer da história. Com o passar do tempo comecei a ver que as postagens estavam cada vez mais agressivas, instigando competições raciais. Comentei em uma das postagens dela que o rancor e a mágoa fazem mal e que ela devia mudar o foco das postagens. “Que o amor seja o elo entre as segregações” – eu disse. Como resposta, fui atacada por vários textões com argumentos baseados nos anos de escravidão e etc. Uma de suas amigas me chamou de “Branca alienada”. Parei de seguir sua página, fiquei um pouco chateada, mas decidi deixar isso pra lá.
Porém, no dia seguinte, vi uma postagem na página “Quebrando o Tabu” sobre um rapaz que teve uma atitude racista e por isto foi demitido. Infelizmente fui ler os comentários e me assustei ao ver ali uma verdadeira guerra racial. Negros agredindo brancos e brancos agredindo negros. Resolvi deixar ali um comentário sobre a minha experiência com o racismo:
 “Sou completamente contra o racismo, mas o engraçado é que branco pode ser vítima do preconceito de negros e ninguém diz nada rsrsrs Ontem mesmo fui vítima de racismo, passei minha adolescência sendo vítima do racismo e todo mundo acha isto normal. Só acho q a dor dos outros não é maior que de ninguém. Enquanto todos não começarem a "amar o próximo como a si mesmo" o racismo continuará a existir.” 
E para minha surpresa fui RIDICULARIZADA, HUMILHADA E DEBOCHADA por dezenas de comentários racistas. No dia nem tive coragem de ler os comentários porque sabia que iria me sentir mal. A página “Quebrando o Tabu” nem sequer se manifestou quanto os comentários racistas na página. Só tive coragem de me expor aqui para vocês porque um anjo desconhecido me mandou uma mensagem hoje de manhã, dizendo que me entendia e me apoiava. Agora gostaria de aproveitar o espaço de minha própria página para deixar um recado para todos aqueles que foram agressivos comigo por causa de minha cor de pele.

Minha Resposta aos racistas:

Dizem: Você não sabe como é viver na pele de um negro. Realmente não sei, mas viver na pele de um branco não é exatamente como vocês idealizam. Sofri preconceito a adolescência toda por causa daquela porcaria de música do Gabriel Pensador – Loira burra. Também já sofri preconceito por ser nerd, por gostar de andar de preto e por ser obesa. Não gosto de me colocar em posição de vítima porque muita gente sofre mais preconceito que eu, simplesmente por estarem fora dos padrões sociais. Mas vale lembrar que qualquer tipo de preconceito, seja na pele que for, DÓI.  
Sabe, sou loira e de olhos azuis por obra da natureza, mas tenho avó negra e mãe parda. Meu ex namorado é negro, a maioria dos meus alunos são negros e já defendi um aluno negro que sofria racismo na escola. Tenho amigos de décadas negros e a personagem principal do primeiro livro que escrevi é negra (inclusive "preconceito" é um dos temas abordados no livro). Não há porque discriminar alguém por causa da pigmentação da pele. Temos mais pontos em comum do que diferentes. Somos todos humanos, criados a imagem e semelhança de Deus. 
Mandaram-me ler um livro de história sobre o período de escravidão. Já li várias vezes. Li também sobre o sacrifício dos deficientes na Roma antiga, sobre o nazismo na Alemanha, sobre o período de Caça às Bruxas na Europa, sobre o desaparecimento de homossexuais na Tchetchénia e sobre a extensa guerra religiosa no mundo. Mas ler nunca é demais! Sugiro a você que leiam também sobre gordofobia, machismo, etnocentrismo, xenofobia, homofobia, bullying, etc 
Se um branco escravizou seus antepassados a culpa não foi minha. 
Se um branco foi racista com você, a culpa não foi minha. 
Sei que guardam muitas mágoas por terem passado por tipos de discriminação que não passei e nem quero passar. Mas porque um branco inocente tem que pagar pelos brancos culpados?  
São pensamentos assim que geram guerras pelo mundo.
Peço perdão em nome de meus antepassados por tudo que fizeram aos seus antepassados.
E eu perdoo vocês por toda agressividade contra a mim, porque sei que só o amor transforma.
Enquanto houver luta, há guerra. O REMÉDIO É O AMOR!
Que cada um faça a sua parte se quiser um mundo mais igualitário, unido e de paz.
Fiquem com Deus!

Erica Bosi"

  

No dicionário:
Racismo: Sistema que afirma a superioridade de um grupo racial sobre os outros, preconizando, particularmente, a separação destes dentro de um país (segregação racial).

Discriminação: Ato ou efeito de discriminar.;Ato de colocar algo ou alguém de parte.;Tratamento desigual ou injusto dado a uma pessoa ou grupo, com base em preconceitos de alguma ordem, notadamente sexual, religioso, étnico, etc.

Na lei:
Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)




Comentários